Repercussão das denúncias feitas pelo SSPMANO

O SSPMANO tem tentado de todas as formas trazer as muitas realidades a tona para que a população saiba das reais condições de trabalho que uma grande maioria de servidores enfrenta todos os dias,nos mais diversos setores do município .
Mas se calar diante de “INVERDADES” levadas a mídia escrita pelo município de Nova Odessa, não tem como.
Muitos dos servidores tem medo sim, e eu entendo perfeitamente o motivo melhor que qualquer um.
Mas se pensam que isso pode me impedir, esqueçam.
Podem me tirar todo bem material, direitos promoções, sexta parte, licença prêmio, mas a minha fé em Deus nunca.
E assim vou lutando contando a verdade e agradecendo cada servidor que entende da necessidade de fazer algo de fato.
Chega de ser um mero subordinado, pois é assim que nos qualificam.
Dar placas de comemoração aos Guardas Municipais não resolve o problema da segurança, mas sim com investimento com viaturas, pessoal e equipamentos.
Na saúde então se disser que está crítico, seria amenizar a situação calamitosa.
Alegar que a culpa é da “CUCA”, do Saci-Pererê, ou talvez que a culpa seja da “MULA SEM CABEÇA”, é ridículo.
Prefeito Bill, se tentarmos adequar as contas do município para as necessidades reais e não propagandas de autopromoção, ajudaria em muito; E vossa excelência entender que a maioria dos seus muitos comissionados são somente gastos para o município, e que o salário de um comissionado é muitas vezes 100% mais que de um servidor efetivo e mais, existe um plano de carreira o qual deveria ser colocado em prática e implementar a valorização dos servidores assim se economizaria em muito para novas contratações, equipamentos e atendimento adequado para a população, talvez com pequenas atitudes muito se poderia conseguir para os servidores e população.
Existem sim comissionados que merecem o devido respeito e que realmente trabalham, mas dá para contar nos dedos da palma da mão.
Lutar sempre, desistir jamais.

Adriano José do Carmo Rosa
Presidente SSPMANO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *